fbpx

Última semana de vacinação contra influenza e sarampo para grupos prioritários

PMVC

Texto e ilustrações: Secom PMVC

As campanhas de vacinação contra a Influenza e Sarampo estão entrando na reta final nesta semana, vacinando todos os grupos prioritários da 1ª e 2ª etapa. Até a próxima sexta-feira, 3 de junho, a vacinação está ocorrendo em oito unidades de saúde, de 8h às 12h e de 14h às 17h, exceto na USF Pedrinhas, onde a vacinação ocorre somente pela manhã.

Influenza – Nesta semana, a vacinação abrange todos grupos prioritários, entre eles: professores, idosos com 60 anos ou mais; trabalhadores da saúde ativos; crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes e puérperas; povos indígenas; pessoas com comorbidades e/ou deficiência permanente; forças de segurança e salvamento; caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; e funcionários do sistema prisional.

As comorbidades classificadas para vacinação contra a Influenza são as pessoas que possuem doenças crônicas respiratórias, cardíacas e renais; diabetes; obesidade; imunossupressão; transplante e trissomias.

Sarampo – Essa vacinação inclui as crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias) e trabalhadores da saúde ativos com até 59 anos de idade. Para os dois grupos a vacinação é indiscriminada, independentemente da situação vacinal.

As vacinas contra Influenza e Sarampo estão sendo aplicadas simultaneamente nas unidades de saúde Dr. Admário Santos (bairro Brasil); Panorama; Dr. João Melo Filho (bairro Ibirapuera); CAE II (bairro São Vicente); Nestor Guimarães (bairro Jurema); Recanto das Águas; Pedrinhas; e Conveima.

Atenção! – As vacinas contra a influenza e o sarampo podem ser aplicadas ao mesmo tempo, para crianças e trabalhadores da saúde, sem necessidade de aguardar intervalo entre elas. Para se vacinar, basta procurar a unidade de saúde tendo em mãos o documento de identificação pessoal e a caderneta de vacinação. As pessoas incluídas nas categorias profissionais ou condições de saúde, devem apresentar também documento comprobatório.