fbpx

Seu dinheiro some? Aprenda a controlar as finanças de sua empresa

PMVC

As empresas podem evitar endividamento e ter caixa para investimentos e aquisições com um controle bem organizado do seu fluxo de caixa.

Mas, você empreendedor, sabe quais são os benefícios do fluxo de caixa para a sua empresa? Além de reduzir custos, concorrer a empréstimos e financiamentos, essa ferramenta auxilia no crescimento da sua empresa e a negociar os prazos de pagamento e recebimento de produtos. 

Fica comigo até o fim, tenho uma surpresa para você organizar o seu fluxo de caixa! 

O fluxo de caixa é uma das principais ferramentas de auxílio no controle financeiro de um negócio, método usado por meio da listagem e análise dos valores que entram e saem do caixa da empresa. 

Esse levantamento de dados financeiros internos e externos da empresa deve ser analisado e interpretado a curto prazo (diariamente, semanalmente) e a longo prazo (mensalmente, semestralmente).

Conheça como o fluxo de caixa pode ajudar a sua empresa e os 4 melhores passos para controlar suas finanças e manter seu caixa saudável!  

  Identifique a situação atual 

Antes de avaliar as condições financeiras de uma empresa, é preciso identificar a sua situação econômica atual: suas operações são lucrativas? Os preços e os volumes comercializados são suficientes para cobrir seus gastos? Se a resposta for negativa, o desequilíbrio financeiro será inevitável. 

Antes de tudo, faça essa análise sobre o seu negócio e leve em conta de que uma boa organização financeira não irá resolver sozinha a situação econômica.

É importante revisar o planejamento com frequência para reavaliar a viabilidade das metas estabelecidas e ainda, observar se elas estão adequadas às necessidades atuais do mercado.

Um planejamento estratégico que beneficia e anda lado a lado com uma gestão financeira saudável não pode ser estático, deve ser aberto a adaptações e melhorias constantes.

 Estruture sua área financeira 

Mesmo que as atividades financeiras sejam de responsabilidade apenas de uma pessoa, analisar constantemente as condições financeiras do seu negócio deve ser uma prática rotineira para garantir a sustentabilidade econômica da empresa. É importante estruturar e distribuir as tarefas em: 

  • Contas a receber; 
  • Contas a pagar; e 
  • Tesouraria (administração do caixa, controle do endividamento e relacionamento com bancos). 

Essa é a estrutura ideal para organizar as finanças!!

 Utilize ferramentas de controle 

O processo financeiro consiste em conhecer e controlar o presente e administrar o futuro. 

Um dos maiores aliados a um bom planejamento financeiro é a tecnologia. Hoje em dia, temos à disposição diversas ferramentas tecnológicas que podem auxiliar na tarefa de tornar a gestão financeira mais ágil e de fácil execução no dia a dia.

Faça uso de sistemas integrados que, de fato, te forneça uma visão 360° das finanças do seu negócio. Ferramentas eficientes te ajudarão nesse processo de organização, mantendo seus números atualizados em tempo real.

Existem ferramentas que podem auxiliar no controle de caixa, entradas e saídas, pagamentos, contratos e gestão de assinaturas, dentre outras informações que podem ser estratégicas para a execução da gestão financeira da sua empresa.

 Estude o risco das decisões de investimento 

Todo investimento deve ser objeto de estudo financeiro a respeito do risco, em função do capital aplicado, a fonte de financiamento e a expectativa de retorno. Assim como avaliar em relação às melhores taxas, condições de pagamento e garantias.

Garantir a saúde financeira do seu empreendimento a longo prazo deve ser um dos objetivos da gestão financeira de sucesso. Para isso, uma boa opção é reservar parte dos lucros para investir no seu negócio.

Investimentos como treinamentos, equipamentos e novos produtos são bons caminhos para se investir, e criar a cultura de investimentos na sua empresa.

Além disso, é importante garantir que seu empreendimento tenha capital de giro para se caso for necessário, não precisar recorrer a empréstimos bancários para operações simples.

Agora que você está por dentro do assunto, lembre-se que o fluxo de caixa é questão de organização! Comece, o quanto antes, a listar os valores de receitas e despesas de sua empresa e não corra o risco de ter que lidar com uma crise e não possuir nenhum dinheiro de reserva para garantir o funcionamento do negócio mesmo com a redução de vendas. 

Para ajudar você no seu fluxo de caixa, aqui está a nossa surpresa! Baixe agora, gratuitamente, a Planilha de Fluxo de Caixa  e saiba como organizar suas finanças. 

👇 Clique no botão abaixo e acesse agora mesmo! 

Clique aqui