fbpx

Falta de vacinas esquenta clima em postos de saúde de Vitória da Conquista

PMVC

Vitória da Conquista esgotou, nesta sexta-feira (19), todo o estoque de vacinas contra a dengue disponível nas unidades de saúde do município.

Com a ampliação da faixa etária para crianças e adolescentes de 6 a 16 anos, pelo Ministério da Saúde, a procura foi intensa nas unidades, mas o quantitativo não foi suficiente para atender a demanda.

O município recebeu um único lote com 6.670 doses da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), no dia 2 de abril, referente às sobras de vacinas não utilizadas por outros municípios.

Vitória da Conquista não foi incluída na lista de municípios selecionados pelo Ministério da Saúde para receber a vacina contra a dengue, por não atender ao critério de alta transmissão exigido, segundo informado pelo órgão federal, embora o município lidere o ranking de casos no estado.

Portanto, ainda não há previsão para a chegada de novas doses no município, embora a Secretaria Municipal de Saúde tenha solicitado mais doses da vacina ao Ministério da Saúde para continuar com a vacinação do público-alvo.

Antes de ser autorizada a vacinação da faixa etária 6 a 16 anos, pelo Ministério da Saúde, para aproveitamento do lote que estava próximo do vencimento, já tinham sido vacinadas 5.180 crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, até a última quarta-feira (17).

Com isso, restaram pouco mais de 600 doses em algumas unidades de saúde para a vacinação nesta sexta-feira (19).

A SMS ressalta que, para as crianças e adolescentes que se vacinaram com a primeira dose, já está garantida a segunda dose, dentro do intervalo de três meses.

Durante toda esta sexta-feira, a maioria dos postos de saúde registrou as mais diversas manifestações de desagrado da população, inconformada com a falta do imunizante.

Muitas pessoas do público alvo chegaram ainda de madrugada aos postos para receber a vacina, mas só foram comunicadas de sua falta após o inicio do expediente, 7:30 da manhã. Clima tenso nas unidades.