fbpx

Neoenergia Coelba assina termo de cooperação técnica com Exército e Força Aérea Brasileira para instalar usinas solares em Salvador

Coronel Aviador Vinícius Guimarães Nogueira, Thiago Guth presidente da Neoenergia Coelba e o Comandante da ESFCEx, Coronel José Evânio Cavalcante Brito Júnior. Texto e imagem: Imprensa Neoenergia Coelba.

Acordos preveem instalação de usinas fotovoltaicas em unidades da Escola de Saúde e Formação Complementar do Exército e Comando da Aeronáutica

A Neoenergia Coelba assinou termos de cooperação técnica com o Centro Militar de Convenções e Hospedagens da Aeronáutica (CEMCOHA) e com a Escola de Saúde e Formação Complementar do Exército (ESFCEx).

O compromisso, iniciado nesta terça-feira (30), visa a instalação de usinas fotovoltaicas em unidades das instituições na cidade de Salvador.

O sistema de geração solar será viabilizado através do Programa de Eficiência Energética da distribuidora, regulado pela ANEEL.
 

“Estamos honrados em contribuir para a missão de Instituições tão importantes para o país, gerando inovação e sustentabilidade para o Exército e Força Aérea Brasileira. Esperamos que essa seja mais uma parceria que fortalece o importante serviço que é prestado à população”, afirma o diretor-presidente da Neoenergia Coelba, Thiago Guth.
 

No termo de cooperação com a ESFCEx está prevista a implantação de uma usina fotovoltaica com capacidade de 200 quilowatt de potência de pico (kWp) no telhado da edificação, situada na Pituba, e mais duas outras usinas (com mais 15kWp) nas coberturas dos prédios da Vila Militar no Itaigara. As três usinas juntas totalizam uma geração anual de economia de 325MWh/ano, que supre aproximadamente 18% de todo o consumo de energia das unidades.
 

“Neste acordo inovador, a Escola de Saúde e Formação Complementar do Exército e a Neoenergia Coelba trabalham em conjunto para promover a energia solar, demonstrando um compromisso compartilhado com a sustentabilidade e a eficiência energética, e exemplificando como a colaboração entre instituições pode impulsionar o desenvolvimento sustentável em nossa sociedade”, reforça o Comandante da ESFCEx, Coronel José Evânio Cavalcante Brito Júnior.

Já no termo de cooperação com o CEMCOHA está prevista a implantação de duas usinas, uma com 133 quilowatt de potência de pico (kWp) no telhado do Alojamento, e outra com 73 kWp no telhado do prédio anexo, ambas no bairro de Ondina. A estimativa de geração anual das duas usinas é 310 MWh/ano, que representa em torno de 62% do consumo total de energia das unidades.
 

Este ato simbólico, na verdade, se reveste de grande relevância. Uma parceria de uma grande empresa, a Neoenergia Coelba, e de uma grande instituição pública para tratar de um assunto estratégico para ambos e para toda a sociedade, como a busca por eficiência energética utilizando fontes renováveis. A Força Aérea Brasileira, o Estado-Maior da Aeronáutica e a Base Aérea de Salvador sentem-se orgulhosos pelo sucesso desta empreitada”, destaca o Comandante da Base Aérea de Salvador, Coronel Aviador Vinícius Guimarães Nogueira.

A cerimônia de assinatura foi realizada na manhã desta terça-feira (30), na sede da Neoenergia Coelba. Na oportunidade, estiveram presentes o Diretor-presidente da Neoenergia Coelba, Thiago Guth; a Superintendente de Eficiência Energética da Neoenergia Ana Christina Romano Mascarenhas; o supervisor de Eficiência Energética Daniel Sarmento; o Comandante da Base aérea de Salvador, Coronel Aviador Vinícius Guimarães Nogueira; o Comandante da ESFCEx, Coronel José Evânio Cavalcante Brito Júnior.


Sobre a Neoenergia Coelba – A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia, empresa da Neoenergia, é a terceira maior distribuidora de energia elétrica do país em número de clientes e a sexta em volume de energia fornecida, sendo a maior do Norte-Nordeste. Presente em 415 dos 417 municípios baianos, a Neoenergia Coelba tem uma área de concessão de 563 mil quilômetros quadrados, com mais de 6 milhões de clientes (mais de 15 milhões de habitantes).