fbpx

Editais públicos: 35 milhões para incentivo a pesquisa na Bahia

PMVC

 

Pesquisadores baianos terão R$ 35milhões para desenvolver projetos voltados ao desenvolvimento do Estado. Olançamento dos editais da Fapesb Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado daBahia), órgão vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) aconteceu nesta terça-feira, 13, na Fundação Luís Eduardo Magalhães, no Centro Administrativo da Bahia.

articiparam o governador Jaques Wagner, o secretáriode Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Câmera, o diretor geral da Fapesb, Roberto Paulo e a reitora da UFBA, Dora Leal, além de professores, pesquisadores e outros secretários de Estado.

Para acessar os sete editais lançados na solenidade os pesquisadores interessados devem consultar o site da Fapesb (www.fapesb.ba.gov.br) e obter mais informações. Entre os editais, destaque para o de fontes de energia alternativa, em parceria com a Global Energia, e o de apoio à pesca e aquicultura no Estado da Bahia.

Outro edital interessante é o que oferece R$ 2,2 milhões para financiar projetos na área de jogos eletrônicos e audio visuais para atuação no Parque Tecnológico da Bahia, previsto para ser inaugurado em abril.

O secretário Paulo Câmera destacou a importância desse tipo de apoio financeiro para que os pesquisadores possam desenvolver novas tecnologias num mercado que não para de crescer, que é o de jogos eletrônicos. “Pela primeira vez estamos integrando, dentro de um Parque Tecnológico, as universidades com as empresas e o governo num esforço para melhorara posição da Bahia no ranking de pesquisa aplicada”, destacou o secretário.

O diretor geral da Fapesb lembrou que os jogos eletrônicos produzidos no Parque Tecnológico poderão servir para a educação dos jovens, com a criação de softwares para auxiliar o aprendizado dos estudantes da rede pública de ensino.

Já o governador Jaques Wagner falou da importância de se investir em tecnologia e inovação não só para as empresas, mas também para o agricultor familiar, que clama às vezes por soluções simples para melhorar sua forma de produção.

Durante a solenidade, a Secti e a Fapesb assinaram um Acordo de Cooperação com a empresa Unigel, maior produtora atino-americana de acrílicos. O evento serviu também para a apresentação do livro “Baía de Todos os Santos”, que faz parte do Programa Baía de Todos os Santos da Fapesb.