fbpx

Programa Qualifica Bahia apresenta balanço positivo

PMVC

Qualifica Bahia: 14 municípios contemplados, 18 cursos e 720 pessoas qualificadas

Os cursos do Projeto Qualifica Bahia, do Governo Estadual, executado pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável Baiano (IDSB) em 14 municípios, tiveram seu término no mês de março de 2012. O Qualifica, que já vinha acontecendo desde outubro de 2011, teve seu encerramento com a qualificação de 720 jovens e adultos no sudoeste do estado da Bahia.

Os cursos de Eletricista de Instalação de Prédios, Pintor de Obras, Pedreiro Polivalente, Corte e Costura, Cabeleleiro, Informática Básica, Doces e Compotas, Agente de Higienização de Ambientes, Pintor de Ambientes, Técnicas de Congelamento, Armador de Ferragens, Montador de Móveis, Eletricista, Pedreiro, Encanador, Manutenção de Microcomputadores, Operador de Máquinas Pesadas e Auxiliar Administrativo foram distribuídos entre os 13 municípios contemplados com o Qualifica Bahia.

As cidades onde os alunos já foram certificados são:  Ribeirão do Largo, Mirante, Barra do Choça, Paramirim, Caturama, Candiba, Encruzilhada e Lagoa Real.  Nesta quinta-feira (26 de abril) o IDSB vai certificar as turmas do Qualifica Bahia de Vitória da Conquista; no dia 03 de maio, os de Brumado e Caetité e no dia 10 de maio, encerram as certificações em Urandi, Palmas de Monte Alto e Guanambi.

De acordo com a coordenadora pedagógica do IDSB, Jocélia Melo, “a proposta do Qualifica Bahia foi a de capacitar jovens para o mercado de trabalho, diferenciando-os com uma mão de obra qualificada”.

Saiba mais sobre o Qualifica Bahia

O Programa Qualifica Bahia é a uma ação do governo do estado, desenvolvido pela Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre),  para formação social e profissional, que tem como objetivos qualificar a mão de obra e facilitar a imersão de trabalhadores capacitados no mercado de trabalho.

Têm prioridade a participar do Programa as populações socialmente vulneráveis do Cadastro Único, beneficiários do Programa Bolsa Família, afrodescendentes, indiodescendentes, mulheres, jovens em busca do primeiro emprego, pessoas com deficiência, pessoas com mais de 40 anos, trabalhadores com risco de perda de emprego em função da baixa escolaridade e qualificação insuficiente.