fbpx

15° Encontro Nacional do Café e 1° Agrotech Baiano: Inovação, Ciência e Tecnologia serão realizados na Fazenda Vidigal

PMVC

Eventos ocorrerão na região do Planalto da Conquista – BA, nos dias 24, 25 e 26 de maio

O 15º Encontro Nacional do Café e o 1º Agrotech Baiano: Inovação, Ciência e Tecnologia serão realizados no período de 24 a 26 de maio de 2024, na Fazenda Vidigal, localizada na região do Planalto da Conquista – BA.

Tais eventos contam com uma extensa programação composta por palestras, minicursos, dinâmicas de campo e estandes de empresas especializadas em cafeicultura e agronegócio.

Durante a solenidade de abertura do Encontro Nacional do Café também ocorrerá a reativação da Câmara Setorial do Café, seguida de uma audiência pública da Assembleia Legislativa da Bahia. As palestras do evento serão ministradas por especialistas de renome nacional e internacional e terão como tema principal o agronegócio.

Além disso, haverá também trocas de experiências, networking e transferência de tecnologias, ações que são oportunas e fundamentais para incrementar a importância do agronegócio no Estado e no País.

A Fazenda Vidigal, sede do Encontro Nacional do Café desde 2010, é considerada uma fazenda escola, a qual dispõe de vários campos de pesquisas que serão utilizados para promover a realização de dinâmicas de campo previstas na programação oficial dos eventos em pauta.

A propriedade ainda conta com uma galeria de arte a céu aberto, intitulada “Café com Arte”, na qual todas as obras expostas possuem como temas centrais o café e a cafeicultura.

Esses eventos, cujo acesso é gratuito para os participantes, também contarão com apoio da Embrapa Mandioca e Fruticultura, da Embrapa Café, assim como da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – Uesb e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae.

Para manter contato e obter informações sobre o 15º Encontro Nacional do Café e o 1º Agrotech Baiano: Inovação, Ciência e Tecnologia, ligue para (77) 99135 – 8684, assim como pelo Instagram @fazendavidigal @valeriavidigal.

Confira AQUI a programação completa do 15º Encontro Nacional do Café e o 1º Agrotech Baiano: Inovação, Ciência e Tecnologia.

Produção de Cafés na Bahia. De acordo com o 1º Levantamento de Safra da Conab (janeiro 2024), a Bahia é o quarto maior estado produtor dos Cafés do Brasil, cuja safra está estimada em 3,61 milhões de sacas de 60kg, o que corresponde a 6,2% da produção nacional.

Para o café arábica estão previstas 1,22 milhão de sacas, e para o café conilon 2,39 milhões de sacas.

O cultivo de café arábica na Bahia se dá nas regiões do Planalto (centro-sul e centro-norte baiano) e no Cerrado (extremo-oeste da Bahia).

De maneira geral, o Planalto se caracteriza pelas áreas de maior altitude e clima ameno, favorecendo o desenvolvimento do café na região, especialmente aquele grão destinado para produção da bebida de maior qualidade.

As lavouras de café no Planalto estão divididas em três microrregiões: Chapada Diamantina, Vitória da Conquista e Brejões.

E o cultivo do café conilon baiano se concentra na região do Atlântico, no sul da Bahia, e apresenta cultivo predominante em médias propriedades, conduzidas por famílias de produtores, atingindo as maiores produtividades do estado.

De maneira geral, as lavouras de café no Atlântico estão divididas em quatro microrregiões: Extremo-Sul, Costa do Descobrimento, Litoral Sul e Baixo Sul, visto que todas elas apresentaram uma alta adaptabilidade a esse tipo de café, ficando entre uma das maiores produtividades médias do país.

Leia esta DIVULGAÇÃO na página do Observatório do Café e do Consórcio Pesquisa Café

Conheça o acervo de publicações da Embrapa Café e baixe os arquivos pelo link https://www.embrapa.br/cafe/publicacoes.

Acesse também todas ANÁLISES e notícias da cafeicultura no Observatório do Café.